Caneca Clássicos do Cinema - De Volta Para o Futuro (Trilogia) - Porcelana 325 ml

  • Caneca Clássicos do Cinema - De Volta Para o Futuro (Trilogia) - Porcelana 325 ml 1
  • Caneca Clássicos do Cinema - De Volta Para o Futuro (Trilogia) - Porcelana 325 ml 2
  • Caneca Clássicos do Cinema - De Volta Para o Futuro (Trilogia) - Porcelana 325 ml 3

Caneca Clássicos do Cinema - De Volta Para o Futuro (Trilogia) - Porcelana 325 ml

por:
R$ 42,00

Descrição

Caneca inspirada nos 3 posteres originais da aclamada Trilogia "De Volta Para o Futuro".

A saga De Volta para o Futuro, criada e dirigida por Robert Zemeckis, acompanha as aventuras de um rapaz chamado Marty McFly, interpretado por Michael J. Fox. No primeiro filme, lançado em 1985, Marty e seu excêntrico amigo cientista, Dr. Emmett L. Brown (Christopher Lloyd), vivem uma curiosa aventura a bordo de uma máquina do tempo instalada em um carro DeLorean, viajando por diferentes períodos da história de Hill Valley, na Califórnia. Depois de uma confusão, Marty usa sem querer a invenção do doutor e acaba voltando no tempo, para o dia 05 de novembro de 1955. O principal incidente é que a mãe de Marty se apaixona por ele, ao invés do seu pai, criando um possível problema que alteraria a história atual (no caso, de 1985).

Na segunda aventura, lançada em 1989, a dupla viaja acompanhada por Jennifer (Elisabeth Shue) para 2015. No futuro, eles encontram a família de Marty em ruínas. O filme ainda inclui outras viagens, com direito a um alternativo 1985 e o retorno a 1955. A trilogia chegou ao fim em 1990, com Doc Brown preso em 1885 e Marty tendo que resgatá-lo, ajudando-o a consertar a DeLorean. No passado, Doc se apaixona pela professora Clara Clayton (Mary Steenburgen) e considera a possibilidade de ficar no velho oeste. Cabe a Marty convencer o doutor a voltar ao presente antes que seja tarde demais.

O primeiro filme foi o mais bem sucedido da trilogia, principalmente com a crítica. Foi indicado a vários prêmios, inclusive a 4 Oscars, e foi um sucesso de bilheteria. Os capítulos seguintes também se saíram muito bem e, ao todo, as obras arrecadaram quase US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais.